Publicidade

 


Resultados 1 a 1 de 1

Tpico: Formao do planeta Terra

  1. #1
    Administradora Avatar de alexandra
    Data de Inscrio
    Oct 2006
    Localizao
    lisboa
    Idade
    38
    Mensagens
    11.928
    Entradas no Blog
    4
    Agradecer
    1.014
    Agradecido 883 vezes
    Em 701 tpicos

    Padro Formao do planeta Terra



    ERROR: If you can see this, then YouTube is down or you don't have Flash installed.
    Formao do planeta Terra

    Evoluo da vida e formao da Terra


    O planeta teria se formado pela agregao de poeira csmica em rotao, aquecendo-se depois, por meio de violentas reaces qumicas. O aumento da massa agregada e da gravidade catalisou impactos de corpos maiores. Essa mesma fora gravitacional possibilitou a reteno de gases constituindo uma atmosfera primitiva. Os processos de formao do planeta Terra so a acreo, diferenciao e desintegrao radioactiva.

    O envoltrio atmosfrico primordial actuou como isolante trmico, criando o ambiente na qual se processou a fuso dos materiais terrestres. Os elementos mais densos e pesados, como o ferro e o nquel, migraram para o interior; os mais leves localizaram-se nas proximidades da superfcie. Dessa forma, constituiu-se a estrutura interna do planeta, com a distino entre o ncleo, manto e crosta (litosfera). O conhecimento dessa estrutura deve-se propagao de ondas ssmicas geradas pelos terremotos. Tais ondas, medidas por sismgrafos, variam de velocidade ao longo do seu percurso at a superfcie, o que prova que o planeta possui estrutura interna heterognea, ou seja, as camadas internas possuem densidade e temperatura distintas.

    Antrctica
    Oceania
    frica
    sia
    Europa
    Amrica
    Oceano
    Pacfico
    Oceano
    Pacfico
    Oceano
    Atlntico
    Oceano
    ndico
    Oceano Antrtico
    Oceano rtico
    Oriente Mdio
    Australsia
    Melansia
    Micronsia
    Polinsia
    Amrica do Norte
    Amrica do Sul
    Amrica
    Central

    A partir do resfriamento superficial do magma, consolidaram-se as primeiras rochas, chamadas magmticas ou gneas, dando origem a estrutura geolgica denominado escudos cristalinos ou macios antigos. Formou-se, assim, a litosfera ou crosta terrestre. A libertao de gases decorrente da volatizao da matria slida devido a altas temperaturas e tambm, posteriormente, devido ao resfriamento, originou a atmosfera, responsvel pela ocorrncia das primeiras chuvas e pela formao de lagos e mares nas reas rebaixadas. Assim, iniciou-se o processo de intemperismo (decomposio das rochas) responsvel pela formao dos solos e consequente incio da eroso e da sedimentao.

    As partculas minerais que compem os solos, transportados pela gua, dirigiram-se, ao longo do tempo, para as depresses que foram preenchidas com esses sedimentos, constituindo as primeiras bacias sedimentares (bacias sedimentares so depresses da crosta, de origem diversa, preenchidas, ou em fase de preenchimento, por material de natureza sedimentar), e, com a sedimentao (compactao), as rochas sedimentares. No decorrer desse processo, as elevaes primitivas (pr-cambrianas) sofreram enorme desgaste pela ao dos agentes externos, sendo gradativamente rebaixadas. Hoje, apresentam altitudes modestas e formas arredondadas pela intensa eroso, constituindo as serras conhecidas no Brasil como serras do Mar, da Mantiqueira, do Espinhao, e, em outros pases, os Montes Apalaches (EUA), os Alpes Escandinavos (Sucia e Noruega), os Montes Urais (Rssia), etc. Os escudos cristalinos ou macios antigos apresentam disponibilidade de minerais metlicos (ferro, mangans, cobre), sendo por isso, bastante explorados economicamente.

    Nos dobramentos tercirios podem haver qualquer tipo de minrio. O carvo mineral e o petrleo so comumente encontrados nas bacias sedimentares. J os dobramentos modernos so os grandes alinhamentos montanhosos que se formaram no contacto entre as placas tectnicas em virtude do seu deslocamento a partir do perodo Tercirio da era Cenozica, como os Alpes (sistema de cordilheiras na Europa que ocupa parte da ustria, Eslovnia, Itlia, Sua, Liechtenstein, Alemanha e Frana), os Andes (a oeste da Amrica do Sul), o Himalaia (norte do subcontinente indiano), e as Montanhas Rochosas.

    Biosfera
    Planisfrio evidenciando as regies terrestres e marinhas de maior produtividade.


    A Terra o nico local onde se sabe existir vida. O conjunto de sistemas vivos (compostos pelos seres e pelo ambiente) do planeta por vezes chamado de biosfera. A biosfera provavelmente apareceu h 3,5 bilhes de anos. Divide-se em biomas, habitados por fauna e flora peculiares. Nas reas continentais os biomas so separados primariamente pela latitude (e indiretamente, pelo clima). Os biomas localizados nas reas do plo norte e do plo sul so pobres em plantas e animais, enquanto que na linha do Equador encontram-se os biomas mais ricos. O estudo da biosfera fundamentalmente o estudo do seres vivos e sua distribuio pela superfcie terrestre. A biosfera contm inmeros ecossistemas (conjunto formado pelos animais e vegetais em harmonia com os outros elementos naturais).

    Atmosfera

    A Terra tem uma atmosfera relativamente fina, composta por 78% de nitrognio, 21% de oxignio e 1% de argnio, mais traos de outros gases incluindo dixido de carbono e gua. A atmosfera age como uma zona intermediria entre o espao e a Terra. Suas camadas, troposfera, estratosfera, mesosfera, termosfera e exosfera, tm dimenses variveis ao redor do planeta e de acordo com a estao do ano.

    Geografia

    * A rea total da Terra de aproximadamente 510 milhes de km, dos quais 149 milhes so de terras firmes e 361 milhes so de gua.
    * As linhas costeiras (litorais) da Terra somam cerca de 356 milhes de km.


    Hidrosfera

    A Terra o nico planeta do Sistema Solar que contm uma superfcie com gua. A gua cobre 71% da Terra (sendo que disso 97% gua do mar e 3% gua doce mas grande parte destes 3% encontram-se nos calotes polares e nos lenis freticos). A gua proporciona, atravs de 5 oceanos, a diviso dos 7 continentes. Factores que combinaram-se para fazer da Terra um planeta lquido so: rbita solar, vulcanismo, gravidade, efeito estufa, campo magntico e a presena de uma atmosfera rica em oxignio.

    A Terra no Sistema Solar

    O movimento de rotao da Terra em torno de seu eixo dura 23 horas, 56 minutos e 4,09 segundos, o que equivale a um dia sideral. Nesse perodo a Terra completa uma volta em torno de um eixo que une o Plo Sul ao Plo Norte. J o movimento de translao da Terra, efectuado ao redor do Sol, leva 365 dias e 6 horas solares mdios - o que equivale a um ano sideral. A Terra tem um satlite natural, a Lua, que completa uma volta em torno do planeta a cada 27,3 dias.

    Movimento de rotao da Terra

    O plano de rbita da Terra e seu plano axial no so necessariamente alinhados: o eixo do planeta inclinado por cerca de 23 graus e 30 minutos em relao ao um plano perpendicular linha Terra-Sol. Essa inclinao responsvel pelas estaes do ano. J o plano Terra-Lua inclinado por cerca de 5 graus em relao ao plano Terra-Sol - se no fosse, haveria um eclipse a cada ms.

    A esfera de influncia gravitacional (esfera da Hill) da Terra tem raio de aproximadamente 1,5 Gm, dentro do qual a Lua orbita confortavelmente.


    Note que, como uma rotao da Terra em torno de seu eixo dura menos que um dia mdio solar (23h 56m 4,09 s= 0,99727*24h), o movimento de translao da Terra, efectuado ao redor do Sol, corresponde a 366,2564 rotaes (365,2564/0,99727). Ou seja, embora um ano tenha aproximadamente 365 dias, a Terra efectua 366 rotaes num ano, por causa dos graus extra que tem que fazer cada dia, entre dois meio-dia solares.

    rbita da Terra (animao). Note que a excentricidade da rbita, que quase circular, est muito exagerada, por razes de ordem esttica e para frisar essa mesma excentricidade.

    Como a Terra est em movimento em volta do Sol, no basta uma rotao completa para o Sol voltar a ficar no znite. Como a Terra mudou de posio e avanou uns 2500 milhares de quilmetros o planeta ainda tem que rodar alguns graus extra para que o Sol aparea de novo na mesma posio.

    Como a velocidade da Terra maior quando ela est mais prxima do Sol (perilio) e menor quando ela est mais distante (aflio), o nmero de graus extra necessrios maior no Inverno (Hemisfrio Norte) do que no Vero (Hemisfrio Norte).

    Ou seja, os dias solares so mais compridos no Inverno (do Hemisfrio Norte, Vero, no Hemisfrio Sul). No Inverno, o dia solar superior a 24 horas (o dia mdio solar) e, no vero, inferior a 24 horas.



    As datas em que ocorrem o perilio e o aflio mudam de ano para ano, e uma tabela com as datas deste evento entre 2000 e 2010 pode ser conferida aqui.



    Outras informaes
    Caractersticas fsicas da terra
    Formao do planeta Terra
    Terra

    .
    Miniaturas de Anexos Miniaturas de Anexos MHG_cie_planetas3.jpg   Slide14-terra.jpg   atmosfera_terrestre.jpg  

  2. # ADS
    Link Patrocinador
    Data de Inscrio
    03-10-2006
    Localizao
    G-Sat
    Idade
    6
    Mensagens
    Muitas
     

Patrocnio em Destaque

Marcadores
DESCUBRA A DECO PROTESTE
Experimente j, durante 2 meses por apenas 2 e receba um leitor MP5 multimdia de presente!
Saiba mais aqui.

Permisses de Postagem

  • Voc no pode iniciar novos tpicos
  • Voc no pode enviar respostas
  • Voc no pode enviar anexos
  • Voc no pode editar suas mensagens
  •