Publicidade

 


Resultados 1 a 1 de 1

Tópico: 10 mitos sobre impotência masculina

  1. #1
    G-Sat VIP Avatar de Géia
    Data de Inscrição
    Jan 2008
    Mensagens
    1.552
    Entradas no Blog
    5
    Agradecer
    69
    Agradecido 56 vezes
    Em 46 tópicos

    Padrão 10 mitos sobre impotência masculina





    Em maior ou menor grau, a disfunção erétil, ou impotência sexual, como é mais conhecida, é um dos fantasmas que assombra todo homem. E quando se torna realidade, o mundo desaba junto.


    Estima-se que 10% da população masculina adulta tenha algum nível de impotência sexual. No mundo, somam 300 milhões de homens. Nos Estados Unidos, 10 milhões. No Brasil, em torno de 6 milhões.

    A propósito, pelo que você sabe, leu ou ouviu dizer, avalie se as frases abaixo são mitos ou não:


    Mitos:

    1. Quanto maior o pênis, maior a potência sexual.
    2. Falhar uma vez é sinal de impotência no futuro.
    3. Vasectomia causa impotência.
    4. Macho mesmo nunca falha.
    5. Terceira idade significa pendurar as chuteiras na área sexual.
    6. Masturbação excessiva causa impotência a longo prazo.
    7. Impotência indica que o homem é menos masculino.
    8. Homem tem sempre “apetite”, faça chuva ou faça sol.
    9. Homem de verdade transa com qualquer mulher.
    10. Homem de verdade transa diariamente.


    Pois todas essas dez frases, repetidas Brasil afora, são falsas. O homem não tem que ser uma máquina na cama, apesar de nossa cultura machista propagar que sim. Tampouco rigidez peniana tem a ver com hombridade, masculinidade, honradez.

    Porém, por falta de educação sexual adequada e preconceito, essas falsas crenças são tomadas como verdadeiras por muitos. E o pior: às vezes criam tamanha ansiedade que, ela sim, ocasiona problemas sexuais como a impotência masculina.

    Por isso, atenção!

    Impotência afeta todo mundo

    Ao longo da vida, todo homem eventualmente perde ou não tem ereção em certa ocasião. Estresse intenso, preocupação excessiva, muita ansiedade ou uns drinques a mais. Todos são possíveis causas de uma falha.

    Peguemos as bebidas. O álcool inibe a ação do sistema nervoso central, ou seja, diminui seu funcionamento. Tomar de vez em quando uma cerveja, um copo de vinho ou uma dose de uísque não faz mal. Em pequenas quantidades, o álcool relaxa, deixando as pessoas mais alegres, descontraídas e amigáveis - está aqui a explicação de muitos levarem as gatas para tomar algo antes de realmente mostrar o que quer. Uns drinques a mais, porém, fazem o cérebro funcionar meia boca e deixam você sonolento, nada potente.

    Já em momentos de estresse, preocupação e ansiedade intensos, a causa da perda de ereção é adrenalina em excesso. Exatamente igual ao que acontece quando um casal está transando e alguém abre a porta do quarto. Na hora, com o susto, o pênis cai, fica morto. Sem reação.

    A adrenalina realmente é capaz de nos deixar a todo vapor. É o nosso mais poderoso estimulante endógeno. Contudo, em situações de perigo, medo, tensão, ansiedade ou susto, ela é liberada em maior quantidade no sangue. Essa descarga é para colocar o organismo em modo de defesa. No ato, coloca-o em condições de luta contra supostas ameaças. Mas isso é um verdadeiro veneno para o sexo. A adrenalina - pasme! - é o antídoto natural da ereção.

    O grande anseio dos homens que enfretam problemas de disfunção erétil é encontrar uma causa orgânica, que possa ser resolvida com comprimido ou cirurgia. Mas nem sempre a impotência sexual tem causas físicas. Os homens, em geral, têm verdadeiro pavor da impotência psícológica. Custa-lhes mais que às mulheres reconhecer que enfrentam dificuldades emocionais, pois encaram a situação como um fracasso pessoal.

    O grande problema é que, assustados, alguns desses passam na primeira farmácia e compram remédios. São remédios que estão na mídia, são vendidos sem receita médica e certas farmácias até oferecem com desconto, destacados em cartazes nas prateleiras.Cuidado! Essa é a pior saída.

    Por vários motivos.

    1: esses medicamentos podem não ser o melhor tratamento para o caso em questão.

    2: às vezes, a adrenalina está tão alta que não funcionam.

    3: podem falhar por uso inadequado, resultando em mais frustração.

    O mais recomendado é procurar um urologista acostumado a lidar com a área (não é área do seu pênis, e sim, a área de impotência, ok?). Às vezes, uma conversa resolve o “problema”. Além disso, a impotência tem causas orgânicas que podem ser prevenidas por meio de um estilo de vida saudável e alguns cuidados básicos. Os fatores que as favorecem agem devagar e aos poucos, mas podem ser evitados.


    Fonte: papodehomem
    Pablo Fernandes


    ||sitemedico.com||

  2. # ADS
    Link Patrocinador
    Data de Inscrição
    03-10-2006
    Mensagens
    Muitas
     

Tópicos Similares

  1. Como Criar Um Servidor Windows Com Apache, MySQL e PHP
    Por Fertebras no fórum Dicas e Tutoriais
    Respostas: 3
    Última Mensagem: 18-03-2009, 11:01
  2. 10 mitos sobre impotência masculina
    Por Rute1375 no fórum Homem
    Respostas: 0
    Última Mensagem: 13-10-2007, 20:42
  3. Legislação na área da saúde sexual e reprodutiva
    Por Rute1375 no fórum Legislação/Informação
    Respostas: 0
    Última Mensagem: 29-09-2007, 08:46
  4. HEBREUS, GREGOS E FENÍCIOS
    Por nina5000 no fórum História
    Respostas: 0
    Última Mensagem: 24-07-2007, 11:36
  5. Eça de Queirós plagiou?
    Por jliz70 no fórum O canto das letras
    Respostas: 0
    Última Mensagem: 29-05-2007, 13:55

Patrocínio em Destaque

Marcadores
DESCUBRA A DECO PROTESTE
Experimente já, durante 2 meses por apenas 2€ e receba um leitor MP5 multimédia de presente!
Saiba mais aqui.

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •