Publicidade


Resultados 1 a 1 de 1

Tpico: Materiais manipulveis na Matemtica

  1. #1
    G-Sat VIP Avatar de satpa
    Data de Inscrio
    Nov 2006
    Localizao
    Perto do Corao
    Mensagens
    1.494
    Agradecer
    93
    Agradecido 189 vezes
    Em 141 tpicos


    O site das TroKas online

    37 Materiais manipulveis na Matemtica

    Novo Smart forfour conduz-se s com um p

    Materiais manipulveis na Matemtica

    Tendo em conta que os alunos devem viver uma experincia geomtrica significativa e que os materiais manipulveis contribuem para o desenvolvimento de vrios conceitos matemticos e para a aquisio de inmeras competncias, os professores devem proporcionar-lhes situaes de aprendizagem que favoream a sua compreenso e estruturao. Assim, passaremos a apresentar alguns dos materiais que poder tornar a aprendizagem matemtica mais rica e ldica, bem como as potencialidades de cada um deles.

    O Geoplano


    • Um dos materiais didcticos a que o professor dever recorrer ao Geoplano e isto porque este permite a realizao de actividades motivadoras e de rpida execuo; desenvolve a ateno, a imaginao, a criatividade, o poder de observao, a descoberta, a orientao espacial e a destreza manual.
      O Geoplano consiste numa placa de madeira onde esto dispostos pregos de modo a formar uma malha e na qual se vo, posteriormente colocar elsticos de vrias cores.
      Existem diversos tipo de Geoplano, nomeadamente o Geoplano de 3 por 3 que constitudo por um total de nove pregos, trs de cada lado, e malha quadrada; o Geoplano de 5 por 5 tambm de malha quadrangular de vinte cinco pregos (cinco por fila); o Geoplano de 10 por 10, que possui uma malha quadrada de dez pregos; o Geoplano isomtrico ou triangular que apresenta uma malha de pregos hexagonal; o Geoplano circular composto por vinte e quatro ou trinta e seis pregos.
      No entanto, apesar da diversidade de Geoplanos, a verdade que todos eles se complementam, para alm disso, deve recorrer-se ao uso de outros materiais como o papel ponteado, o papel isomtrico e o papel quadriculado.
      Todos os professores devem utilizar o Geoplano, visto que, devido sua mobilidade os alunos podem ver as figuras em vrias posies e, face sua dinmica, podem "desenhar" e "apagar" livremente.
      Os alunos podem devem participar na actividade de construo do Geoplano e, ao planificar as actividades para nele serem realizadas, o professor dever ter em conta, os objectivos do programa, a faixa-etria dos alunos e as caractersticas dos mesmo.


    O Tangram


    • O Tangram o mais famoso de todos os quebra-cabeas e julga-se tambm que seja o mais antigo puzzle.
      Embora a sua origem seja desconhecida, sustenta-se que este foi inventado na China h mais de 4 mil anos e que alcanou bastante sucesso na Europa durante o sculo XIX.
      Este puzzle, que manteve at hoje a forma original, constitudo por sete peas (um quadrado, um paralelogramo e cinco tringulos de diferentes dimenses) e tem vindo a inspirar a criao de muitos outros com as mesmas caractersticas.
      Dado o seu interesse pedaggico, j que permite construir vrias figuras atravs de recombinaes das peas iniciais e tambm trabalhar reas, permetros e semelhanas, entre outras coisas, torna-se um material indispensvel para o 1. Ciclo.
      Assim sendo, o professor, na primeira aula em que utilizar o Tangram deve deixar os alunos manipul-lo e brincar um pouco com ele. Depois, e de modo a apresentar o material, pode, por exemplo, criar uma histria sobre a sua formao (dizer que era um vidro e que um chins o deixou cair, ficando ele partido naqueles bocados), a qual poder ser trabalhada em reas como a Lngua Portuguesa, Expresso Dramtica e Expresso Plstica.
      Por ltimo, deve-se ainda salientar que seria de muita utilidade que cada aluno construsse o seu prprio Tangram para poder realizar as vrias actividades que se podem fazer com este material.
      O material com que este jogo pode ser construdo o mais variado e acessvel possvel podendo variar entre: carto grosso, plstico aborrachado, sola sinttica, linleo, platex, madeira e plstico rgido. Tambm a sua medida pode ser varivel, pois no obedece a um tamanho rgido (obrigatoriamente tem que ser um quadrado).


    Espelhos


    • Embora os espelhos sejam reconhecidos por muitos apenas como objectos de grande utilidade para o dia-a-dia, a verdade que estes surgem tambm como muito teis para o ensino da matemtica, sobretudo para o estudo das simetrias para o ensino bsico.
      Se colocarmos um espelho perpendicularmente a um plano, a interseco do plano do espelho define o eixo de uma simetria axial.
      Do ponto de vista geomtrico, dizemos que h simetria quando existe uma transformao que a deixa invariante.
      A simetria surge como um conceito unificador, j que permite estudar figuras segundo diversas perspectivas ao estabelecer ligaes entre ngulos, padres, grupos, regularidades, transformaes, entre outros.
      Assim sendo, um dos principais motivos pelos quais se deve estudar a Geometria no 1. Ciclo porque esta permite ver o mundo como um todo, na medida em que permite inter-relacionar a Matemtica com a natureza, a arte e a arquitectura.


    Cuisenaire


    • Este material foi criado por um professor do 1. Ciclo belga, Georges Cuisenaire, e foi divulgado mundialmente por Cuisenaire e Caleb Gattegno (um professor universitrio londrino) em 1953.
      um material estruturado com aplicao em mltiplas situaes de sala de aula, pois muito fcil de manipular pelas crianas e ao mesmo tempo sugestivo e alegre, devido s suas diversas cores.
      Baseia-se num sistema de relao entre cores e comprimentos e, composto por um conjunto de 241 barras de madeira coloridas, cujo comprimento varia de um a dez centmetros e a cada comprimento est associada uma cor e um valor: 1. - barra branca - valor 1; 2. - barra vermelha - valor 2; 3. - barra verde clara - valor 3; 4. - barra cor - de - rosa - valor 4; 5. - barra amarela - valor 5 ; 6. - barra verde escura - valor 6; 7. - barra preta - valor 7; 8. - barra castanha - valor 8; 9. - barra azul - valor 9; 10. - barra laranja - valor 10.


    Slidos Geomtricos


    • Independentemente da existncia de diversas famlias de slidos geomtricos que apresentam caractersticas especficas, a aprendizagem das formas geomtricas deve iniciar-se a partir da explorao de objectos tridimensionais presentes no meio que rodeia a criana. Isto porque o professor incentivar as crianas a descobrirem as diferenas e as semelhanas entre os objectos, a agrup-los e classific-los, com o intuito de descobrir as suas propriedades. Quando o professor verificar que a turma reconhece e diferencia as propriedades de cada uma das figuras dar a conhecer os seus respectivos nomes.
      Posteriormente, sero abordadas outras caractersticas dos slidos geomtricos, como por exemplo as faces, as arestas e os vrtices.
      Por fim, deve-se ainda frisar que importantssimo que o professor faculte aos alunos o tempo e o espao necessrios para descobrirem os slidos geomtricos.

      Fonte: Site Junior

  2. # ADS
    ========
    Data de Inscrio
    03-10-2006
    Localizao
    G-Sat
    Mensagens
    Muitas
     

Patrocnio em Destaque

Marcadores
DESCUBRA A DECO PROTESTE
Experimente j, durante 2 meses por apenas 2 e receba um leitor MP5 multimdia de presente!
Saiba mais aqui.

Permisses de Postagem

  • Voc no pode iniciar novos tpicos
  • Voc no pode enviar respostas
  • Voc no pode enviar anexos
  • Voc no pode editar suas mensagens
  •