Resultados 1 a 1 de 1

Tópico: Farol da Ponta das Lages

  1. #1
    G-Sat VIP Avatar de jliz70
    Data de Inscrição
    Oct 2006
    Localização
    Porto
    Idade
    47
    Mensagens
    2.210
    Agradecer
    44
    Agradecido 57 vezes
    Em 18 tópicos

    Padrão Farol da Ponta das Lages

     

    Local: Ponta das Lajes - ponta SE da Ilha das Flores
    Altura: 16 m
    Altitude: 99 m
    Luz: Fl (3) W 28s
    Alcance: 26 M (39 km)
    Óptica: 2ª Ordem - 700 mm
    Ano: 1910




    Embora em 1881, como reflecte o Plano Geral aprovado dois anos mais tarde, se previsse a edificação de um farol na Ponta dos Ilhéus de Água Quente, acabaria em 1894 por se decidir instalá-lo na Ponta das Lajes.

    Conforme consta da Memoria descriptiva e Justificativa: Tendo sido encarregado de estudar e escolher, com o capitão-de-fragata Xavier de Brito, um ponto ao S.E. da ilha das Flores para a collocação de um pharol, depois de termos percorrido todos os pontos ao sul da Ilha das Flores, desde a Ponta do Capitão até à rocha Alta, achamos que o único sitio (...) era a Ponta das Lajes ou Ponta S.E. da Ilha das Flores.



    A Ponta das Lajes acha-se situada entre a Ponta do Capitão para Este e a Ponta da Lomba Grossa para Oeste. As razões que nos levaram a escolher este ponto de preferência a qualquer outro foram a sua situação avançada para Sul Este que lhe faz abranger um sector de 208º, a sua pouca altura acima do nível do mar e a proximidade em que se acha da Vila das Lajes que fica apenas a 1 ½ kilometro do sitio escolhido para a collocação do pharol e as boas condições geológicas do terreno que devem simplificar a construção.


    O farol na ponta SE da Ilha, ilumina não só o Sul, o que é de grande vantagem para a navegação que vinda da América procura esta luz, mas também o canal entre a Ilha das Flores e a do Fayal. (...).



    A Comissão encarregada em 1902 de propor as alterações a introduzir no Plano Geral aprovado em 1883, pronunciar-se-ia pela instalação na Ponta das Lajes de um aparelho de 2.ª ordem, mostrando três clarões brancos de 15 em 15 segundos, cujo preço era de 49.000 francos.

    O farol da Ponta das Lajes entrou em funcionamento em 10 de Outubro de 1910, conforme atesta o Aviso aos Navegantes n.º 6, de 29 de Agosto de 1910: Communica a Direcção Geral da Marinha o seguinte: Que no dia 10 de Outubro de 1910 principiará a funccionar o pharol da Ponta das Lages, ponta SE da Ilha das Flores. O apparelho iluminante é dióptrico de 2.ª ordem de rotação, mostrando grupos de 3 clarões brancos e rápidos de 20 em 20 segundos, e compõe-se de dois grupos de três lentes de 0m,70 de distancia focal. Está montado em torre de alvenaria, de secção quadrada de 10 metros de altura, do solo á aresta superior da cornija. Sobre esta ergue-se a lanterna de secção circular com murette e cúpula metallica, pintada de roxo-terra. Junto á torre e symetricamente dispostos a E. e Oeste d’ella estão os edifícios, de um só pavimento, para habitação dos faroleiros. A pequena distancia a NE fica a villa e porto das Lages. O horizonte marítimo iluminado é de 208º30’.(...) O alcance luminoso em estado médio de transparência atmospherica é de 32 milhas.



    O farol da Ponta das Lajes entrou em funcionamento em 10 de Outubro de 1910

    A torre tem, na sua totalidade, 16 metros de altura e 99 metros de altitude, sendo a fonte luminosa um candeeiro de nível constante a petróleo. A rotação da óptica era produzida através da máquina de relojoaria.

    Em 1938 o candeeiro de nível constante foi substituído pela incandescência pelo vapor do petróleo.

    Foi electrificado através de grupos eletrogéneos em 1956 e a fonte luminosa passou a ser uma lâmpada de 3000 watts, permitindo um alcance de 29 milhas.

    A potência da fonte luminosa foi reduzida em 1984 com a instalação de uma lâmpada de 1000 watts / 120 volts, passando o alcance para 26 milhas.

    O farol foi electrificado em 1990 com energia da rede pública.




    Entre 3 de Outubro de 2000 e 18 de Outubro de 2001 decorreram obras de remodelação no farol. Por este motivo, durante este período, funcionou um farolim provisório em substituição do aparelho iluminante do farol.

    As obras de remodelação do farol ascenderam a 130.000 contos, ficando equipado com a mais moderna tecnologia, suportada em meios informáticos, a partir de 2001, permitindo aos técnicos da Direcção de Faróis entrar no sistema do farol a partir da Central de Faróis em Paço de Arcos.

    O farol está automatizado com sistema modelo DF.
    Miniaturas de Anexos Miniaturas de Anexos Lighthouse.gif  
    Arquivos Anexos - <b><a target='_blank' href='http://www.g-sat.net/announcement.php?f=1110&a=33'><font color='#990033'>Declaração de Princípios / Direitos dos Autores, Artistas e Produtores</font></a></b> Arquivos Anexos - Declaração de Princípios / Direitos dos Autores, Artistas e Produtores
    Última edição por alexandra; 19-06-2009 às 23:45.

  2. # ADS
    ========
    Data de Inscrição
    03-10-2006
    Localização
    G-Sat
    Idade
    6
    Mensagens
    Muitas

     

     

Tópicos Similares

  1. OFICIAL DAS FORÇAS ARMADAS
    Por nina5000 no fórum Profissões
    Respostas: 0
    Última Mensagem: 15-09-2007, 09:57
  2. Pacto Internacional sobre os Direitos Civis e Políticos
    Por g_ferreira no fórum Administração Pública
    Respostas: 0
    Última Mensagem: 05-04-2007, 05:10
  3. Pacto Internacional sobre os Direitos Económicos, Sociais e Culturais
    Por g_ferreira no fórum Administração Pública
    Respostas: 0
    Última Mensagem: 05-04-2007, 04:54

Patrocínio em Destaque

Marcadores
DESCUBRA A DECO PROTESTE
Experimente já, durante 2 meses por apenas 2€ e receba um leitor MP5 multimédia de presente!
Saiba mais aqui.

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •