Publicidade

 


Resultados 1 a 1 de 1

Tópico: Cura da esclerose múltipla: um tratamento extremamente inovador alcançou este resultado

  1. #1
    Administrador Avatar de Joao Santos
    Data de Inscrição
    Oct 2006
    Idade
    56
    Mensagens
    21.478
    Agradecer
    2.105
    Agradecido 2.787 vezes
    Em 1.733 tópicos
    Entradas no Blog
    43

    CLICA e reserva
    o teu Tablet 8 GRÁTIS

     

    Padrão Cura da esclerose múltipla: um tratamento extremamente inovador alcançou este resultado

     

    A esclerose múltipla é uma doença autoimune, o sistema imunológico do paciente ataca o sistema neurológico da pessoa, causando sintomas como fadiga, depressão, alteração no equilíbrio, e pode causar a morte do paciente.

    Um novo tratamento, resultado de um teste clínico feito no Canadá, pode fazer com que os sintomas não só estabilizem como até regridam, um indício que o sistema nervoso tem alguma capacidade regenerativa.


    Basicamente, o tratamento consiste em substituir todo o sangue e medula óssea do paciente, dando um “restart” no sistema imunológico. O tratamento foi descoberto a partir de alguns pacientes com leucemia, o câncer de sangue.

    No tratamento de leucemia, o tecido da medula é retirado e uma quimioterapia agressiva é aplicada, matando as células do sistema imunológico. A medula é processada, retirando todas as células cancerosas, e reposta no paciente, onde vai reconstruir o sistema imunológico.

    Surpreendentemente, este tratamento é efetivo não apenas para leucemia, mas também para esclerose múltipla. Os pacientes que tinham leucemia e esclerose múltipla experimentaram uma melhora nas duas condições.

    Mas o tratamento tem os seus ricos. No período em que a pessoa está fazendo a quimioterapia agressiva e o restabelecimento do sistema imunológico, ela fica vulnerável a qualquer doença. além de perder cabelo e unhas, ter diarreia e náusea.

    O teste clínico no Canadá, feito com 25 pacientes, apresentou 17 casos de remissão, e uma das pacientes que estava em cadeira de rodas quando começou o tratamento, hoje faz esqui, voltou a trabalhar, casou e conseguiu sua primeira habilitação. Mas um paciente morreu de danos no fígado e infecção.

    Outros efeitos colaterais da quimioterapia incluem esterilidade, e uma menopausa prematura para as mulheres. Não é bolinho, em um mês o paciente passa pelo inferno, por isto este tipo de tratamento só é oferecido a pacientes de esclerose múltipla agressiva.

    Por enquanto os médicos estão experimentando com quimioterapias menos agressivas, que não prejudiquem o fígado tanto assim. Mas eles tem que encontrar o equilíbrio correto entre baixa toxicidade e efetividade.

    Outras doenças autoimunes podem também vir a ser tratadas com este mesmo método, entre elas a doença de Crohn, quando o sistema imunológico ataca o intestino, e uma doença da pele rara chamada escleroderma. [ScienceAlert, NewScience]


    http://hypescience.com/

  2. # ADS
    ========
    Data de Inscrição
    03-10-2006
    Idade
    6
    Mensagens
    Muitas

       Publicidade

     

     

Tópicos Similares

  1. Respostas: 0
    Última Mensagem: 06-06-2013, 20:12
  2. O que é a Esclerose Múltipla?
    Por Rute1375 no fórum Médico
    Respostas: 0
    Última Mensagem: 22-09-2007, 20:27
  3. Monóxido de carbono trava Esclerose Múltipla
    Por camartins no fórum Médico
    Respostas: 0
    Última Mensagem: 29-03-2007, 22:23
  4. Viver e conviver com esclerose múltipla
    Por camartins no fórum Médico
    Respostas: 0
    Última Mensagem: 15-03-2007, 00:24
  5. Respostas: 0
    Última Mensagem: 22-02-2007, 11:35

Tags para este Tópico

Patrocínio em Destaque

Marcadores
DESCUBRA A DECO PROTESTE
Experimente já, durante 2 meses por apenas 2€ e receba um leitor MP5 multimédia de presente!
Saiba mais aqui.

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •